Como Receber Dinheiro No YouTube: Encontre Estas dez Ideias


Como Fazer Um Em sete Dicas


Google bomb (Bomba do Google ou Bombardeio Google) é um fenômeno caracterizado por tentativas de influenciar a classificação de uma determinada página ou site nos resultados retornados pelo Google, normalmente com intenções humorísticas ou políticas. Devido ao sistema utilizado pelo Google para construir o algoritmo de PageRank, uma página terá uma classificação melhor à medida que o blog que apresenta acesso a tal página use melhores termos de fonte.


Uma bomba é desenvolvida caso haja um grande número de web sites apontando pra estes locais. O termo "bombardeamento Google" foi adicionado em maio de 2005 ao New Oxford American Dictionary. O bombardeamento é usado para fins não comerciais. Um exemplo de Bomba do Google é o caso de imensos registros de domínios e todos os links para o blog principal com o mesmo texto "…uma legenda qualquer".


Fazendo uma procura por "uma legenda qualquer" no Google irá regressar o website mais cotado no ranking, mesmo que a frase "…uma legenda qualquer…" não aparece no blog principal. Este tipo de circunstância é comum em weblogs, onde um link poderá ser retirado da página principal de forma acelerada, todavia os efeitos a curto período conseguem ter um efeito dramático na classificação do web site. A prática nos mostra que um extenso número de sites fazem o sistema Google Bomb ser ativado. No nosso caso, o dispositivo foi ativado com só um punhado de weblogs dedicados.


Não obstante, o blog foi qualificado. Aliás, o Google Bomb apresentou um choque relativo pra termos "não competitivos" , onde não há uma página em característico que possa ser obrigatoriamente a resposta correta. A técnica foi discutida a primeira vez em seis de Abril de 2001 num postagem escrito por Adam Mathes. Por essa postagem, ele cunhou o termo "Google bombing" e explicou como descobriu que o Google usava esta técnica para calcular o ranking de páginas.


Achou como resposta em uma busca com o termo "internet rockstar" o web site de en:Ben Brown (autor de weblogs) como o primeiro resultado, mesmo que o termo "web rockstar" não estivesse presente nas páginas de Brown. Disse que os algoritmos do Google retornavam como primeiro consequência já que vários blogs de fãs tinham link´s pro web site de Brown utilizando esta frase nas páginas mencionadas.


Mathes começou testando sua teoria configurando o web site de seu colega en:Andy Pressman pra incrementar o ranking com o termo "talentless hack". Deu instruções para gerar websites e links para o web site de Pressman com o texto de hiperlink "talentless hack". Como outro webloggers suficientemente seguro participou-se em sua campanha de bombardeio do Google, sítio web do Pressman tornou-se o número um resulta em uma pesquisa de Google pro termo "talentless hack".


  1. Aprontar novo artigo

  2. Pesquisar as possíveis fontes

  3. 3º Passo - Renomeie e crie o atalho

  4. John Silva falou

  5. Curso gratuito

  6. 9 - Loja virtual de canecas ou brindes personalizados

  7. Qualificações obrigatórias

  8. Relacionamento com os compradores



As bombas de Google freqüentemente acabam sua existência por demasiada popularidade ou conhecimento, atingindo desta maneira menções em jornais e portais de prestígio na rede, abatendo naturalmente a bomba. Várias vezes vemos comentários dizendo que não é necessário trabalhar para combater o bombardeio em consequência a essa auto-desmontagem, caso a ocorrência descrita acima ocorra realmente.


Adicionalmente, a informação a respeito do termo "Google bombs" poderá ser melhor descrita como “o bombardeio de hiperlinks,” dado que essas campanhas são capazes de claramente ter um efeito em outros motores de busca bem como. Os principais motores de pesquisa empregam a observação de hiperlinks, e desta maneira podem receber o impacto nesse instrumento.


Desta forma, uma procura usando o termo "miserable failure" (falha miserável) em um de Junho de 2005 nos levou ao site oficial com a biografia de George W. Bush em primeiro local no Google, Yahoo! MSN, e na segunda colocação no Ask Jeeves. Em dois de Junho de 2005, Yooter reported reportou que George Bush tinha o primeiro ambiente no ranking do Google e Yahoo usando o termo 'failure' (falha) bem como os termos 'miserable failure' (falha desprezível).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *